14 / 02 / 2019 - as 13:24
Polícia Civil deflagra operação Pavilhão contra lavagem de dinheiro

A Polícia Civil divulga a relação dos veículos que estão com restrição RENAJUD INTEGRAL e devem ser entregues na Delegacia Geral imediatamente. Caso alguém os tenha em seu poder deve entregar imediatamente no prédio sede, localizado à Praça Saraiva, Centro de Teresina. 

Confira os veículos aqui: Relação 01Relação 02 Relação 03 Relação 04Relação 05.

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira (14/02) a Operação Pavilhão que visa desarticular grupo criminoso especializado em lavagem de dinheiro, cujo foco é compra e revenda de veículos automotivos. O crime antecedente é agiotagem e financiamento ao tráfico de drogas. 

Participam da operação a Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-DEPRE, DECCOTERC e Diretoria de Inteligência da SSP-PI. A ação coordenada pela Gerência de Polícia Especializada-GPE conta também com o apoio da SEFAZ-PI.

Francisco José Oliveira Costa, vulgo Júnior, foi denunciado por financiamento ao tráfico e usura no dia 01 de novembro de 2017 e naquela época durante o cumprimento de mandado foi preso em flagrante delito por posse de arma de fogo.

Na operação desta quinta-feira, também foi presa a pessoa de Mariana dos Santos Soares, que fazia parte do esquema criminoso de lavagem de dinheiro e é esposa de Francisco.

As investigações relacionadas a operação caso começaram pela DEPRE, cujo titular do procedimento era o DPC Matheus Zanatta, hoje Gerente de Polícia Especializada. Naquela oportunidade,  foram pedidos e concedidos mandados de busca e apreensão veicular de 40 veículos que estão com restrição RENAJUD INTEGRAL, estando impedidos de circular. O trabalho agora é apreender estes veículos.  Quem os detiver deve imediatamente entrega-los no prédio sede da Delegacia Geral de Polícia Civil.

Haverá entrevista coletiva às 11 horas no prédio sede da Delegacia Geral.

Fonte: Ascom SSPI



   



PUBLICIDADE