25 / 09 / 2020 - 11h49
50% dos peritos médicos retomaram o atendimento do INSS no Piauí

Nos primeiros dias da semana, cerca de 50% dos peritos médicos retornaram o atendimento no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Piauí. No momento, apenas as agências do Centro e Zona Leste de Teresina voltaram a atender casos de perícias médicas. 

Pelos próximos dias ainda não há uma definição de como ficará a situação, uma vez que, a Justiça Federal suspendeu ontem (23) o retorno dos médicos-peritos do INSS ao atendimento presencial nas agências consideradas inaptas pelas inspeções da Subsecretaria da Perícia Médica Federal. A decisão também proibiu que os profissionais sejam punidos com corte de ponto, desconto no salário e sanções de qualquer natureza caso não retornem às agências consideradas inaptas, autorizando a permanência do trabalho remoto.

Segundo o chefe do Serviço de Benefícios do INSS, William Machado, as duas agências em Teresina foram liberadas para o serviço e mais duas, em Floriano e Parnaíba, devem ser adequadas para o atendimento. 

"No início foi uma correria para adequar todos os consultórios às normas efetivas e sanitárias de atendimento, uma vez que conseguimos nas agências Centro e Leste, liberamos os atendimentos e tivemos nos primeiros dias 50% da perícia médica para atendimento. A agência de Floriano foi vistoriada e adequada e nossa equipe se encontra em Parnaíba para liberação", explica Machado. 

Na Capital, nas duas agências, a capacidade de atendimento é de 120 perícias médicas por dia. 

"Para os segurados que tiveram seu agendamento pericial, contudo não foram atendidos, pela ausência do perito médico ou quaisquer que sejam o motivos, o segurado deve ligar para o 135 para solicitar o reagendamento que será garantido sua data de entrada do requerimento", orienta William Machado.

Fonte: Portal cidadeverde.com



Publicidade